Bolo de cenoura

Esse bolo de cenoura em especial é diferente dos que eu já havia tentado, basicamente eu acho que eu errei a receita e deu certo. Ele fica molhadinho e bem fofinho. É espetacular, mas precisa de uma calda bem doce sobre ele, pois ele não é muito doce e ficou meio sem gracinha sem a calda. Bom, na verdade eu usei a nutella que fizemos e ficou espetacular.

DSC_0003 (2)-001

Bolo de cenoura

Ingredientes:

  • 2 cenouras grandes cozidas
  • 6 ovos
  • 1/3 de xícara de chá de óleo
  • 3/4 de xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 1/2 xícara de chá de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento

Modo de preparo:

  • Cozinhe as cenouras picadas e descascadas e deixe esfriar.
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador junto com as cenouras frias.
  • A massa é bem liquida mesmo.
  • Leve ao forno pré aquecido a 180ºC .
  • Faça o teste do palitinho e se ele sair seco retire o bolo do forno e deixe esfriar.
  • Assim que você tirar do forno você irá perceber que este bolo é diferente dos que você comeu.

Sugestões:

  • Coloque nutella caseira por cima (receita aqui) que fica maravilhoso!

DSC_0007 (2)-001DSC_0010 (2)-001

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0002 (2)-001DSC_0001 (2)-001

Anúncios

Pão semi integral

Eu já tentei marcas que dizem não ter leite e tive reações então investi em fazer pão em casa. Não é tão pratico, mas é extremamente seguro e sem surpresas e a máquina de pão faz todo trabalho pesado rs…

Esse pão fica bem fofinho e é neutro da pra comer com doce e com salgado.

DSC_0020-001

Pão semi integral (adaptada do pacote de farinha integral Dona Benta)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de farinha integral
  • 1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 envelope de fermento biológico seco (aquele para pão)
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de café de sal
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 ovo
  • 300 ml de água morna

Modo de preparo:

  • Ative o fermento (aqueça água levemente e coloque o fermento e tampe. Deixe descansar por 15 minutos)
  • Eu faço o pão na máquina de pão, mas da pra fazer na mão também.
  • Coloque na máquina o ovo, açúcar, sal, azeite, farinha integral e farinha de trigo e por cima o fermento com a água.
  • Escolha a opção da sua máquina de amassar e deixe lá. Essa massa pode até crescer dentro da máquina porque não irá cair pra fora, ao menos na minha não caiu.
  • Caso você faça na mão, sove a massa por 15 minutos e deixa ela crescer até dobrar de volume.
  • Abra a massa com um rolo e vá enrolando ela sem apertado.
  • Acomode a massa em uma assadeira untada com azeite.
  • Leve ao forno pré aquecido a 180ºC até dourar.

Sugestões:

  • Você pode congelar todos os tipos de pães. Coloque fatias em saquinhos tipo zip e leve ao freezer. Para consumir é só retirar do freezer e aguardar em temperatura ambiente e poderá consumir normalmente.
  • Faça sanduíches com eles, eu tentei Nutella caseira (receita aqui) Abobrinha em conserva (receita aqui) e a berinjela em conserva (receita aqui)

DSC_0045-001DSC_0042-001

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0012-001DSC_0026-001DSC_0022-001DSC_0025-001

Conserva de berinjela

Eu não vou enganar vocês não, essa conserva é trabalhosa, mas vale a pena!

DSC_0032-001

Conserva de berinjela

Ingredientes:

  • 3 berinjelas médias (escolha as mais firmes, de casca lisinha e sem machucados)
  • 3 dentes de alho fatiados fino
  • 1 colher se sopa de erva-doce
  • 1 colher de sobremesa de pimenta calabresa
  • 1 vidro ou mais de azeite
  • 1 copo de vinagre de vinho branco
  • 1 copo de água
  • 1 colher de chá de sal
  • 4 colheres de sopa de sal grosso

Modo de preparo:

  • Corte as berinjelas no sentido do comprimento na espessura de um dedo (eu tentei fazer mais fina, mas elas desmancham mais pra frente, um dedo é um tamanho muito bom)
  • Vá fazendo camadas em um escorredor com berinjela e o sal grosso e deixe escorrer por 24 horas na geladeira. Use um peso em cima pra apertar as fatias, isso serve pra sair o amargo da berinjela, caso você não se incomode, uma hora basta nessa parte, mas eu recomendo 24 horas.
  • Lave as fatias em água corrente pra tirar o excesso de sal.
  • Leve a água, o sal e o vinagre ao fogo e deixe ferver. Assim que ferver vá cozinhando as fatias de berinjelas (as fatias precisam estar em contato com essa mistura, então escolha uma panela de boca larga) cozinhe de 3 em 3. Faça isso com todas as fatias por aproximadamente 5 minutos cada fatia.
  • Retorne as fatias para o escorredor e coloque os pesos sobre elas para terminar de escorrer o liquido por aproximadamente 2 horas.
  • Monte a conserva em camadas com a erva doce, a pimenta e o alho. Assim que terminar complete o vidro com bastante azeite até cobrir.
  • Você pode consumir de imediato, mas é bacana esperar pelo menos 3 a 4 dias ou até mais. Mas para esperar mais tempo para consumir é necessário esterilizar direitinho os vidros.

Sugestões:

  • Eu gosto de ter esse tipo de conserva pra poder fazer sanduíches, ficam perfeitos!

DSC_0035-001DSC_0034-001

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0033-001

Abobrinha em conserva

Eu gosto de ter coisas prontas para me socorrer no momento de fome na geladeira e no freezer e essa é uma das coisas ótimas pra ter; conservas!

DSC_0031-001

Conserva de abobrinha

Ingredientes:

  • 2 abobrinhas (italiana)
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de chá de sal grosso
  • 1 colher de sobremesa rasa de pimenta calabresa
  • 1 vidro de azeite
  • 1 vidro com tampa para colocar a conserva.

Modo de preparo:

  • Corte as abobrinhas em rodelas e grelhe ela aos poucos em panela bem quente  (eu usei uma bistequeira, mas pode usar uma panela normal)
  • Faça camadas no vidro de abobrinha, alho, sal grosso e pimenta, até acabar as abobrinhas grelhadas.
  • Preencha com azeite até cobrir.
  • Eu normalmente deixo pelo menos 24 horas antes de comer pra dar tempo do sal e da pimenta agirem.

Sugestões:

  • Eu particularmente adoro elas em sanduíches, tente você também, fica ótimo!

DSC_0037-001DSC_0036-001

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0028-001DSC_0027-001DSC_0029-001

Creme de avelã

Eu já falei aqui uma vez, das muitas coisas que eu sinto falta é dos doces, dos chocolates, dos cremes e aos poucos tenho me arriscado a fazer coisas que não pensaria em fazer como via por ai, por ser saudável fazer em casa, porque seria mais econômico, nada disso me convencia, mas por força maior cá estamos não é mesmo?

DSC_0007-001

Creme de avelã (nutella)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de avelã sem pele (veja dicas aqui em baixo)
  • 1/2 colher de café de Baunilha em pó ( você encontra em casas de confeitaria, se não tiver use extrato, mas não recomendo pra alérgicos APLV)
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 1 xícara de água
  • 1/2 xícara de chá de cacau em pó sem açúcar

Modo de preparo:

  • Triture a avelã com a água, quanto mais conseguir triturar melhor será a textura da sua nutella, como vocês podem ver pelas imagens, eu não consegui, mas não me importei e gostei assim.
  • Junte o restante dos ingredientes e bata.
  • Coloque em vidros e os mantenha em local seco e fresco.
  • Dura até 2 semanas e rendeu dois potes essa receita.

Dicas e sugestões:

  • Eu comprei as avelãs no supermercado com casca e paguei cerca de 12 reais cada saquinho, mas atenção, deu um trabalhinho quebrar as cascas que são bem duras. Martelei com martelo de carne uma por uma entre paninhos, tomando o maior cuidado pra não amassar a avelã, mas algumas acabaram quebrando. Com calma e paciência você faz esse trabalho.
  • Depois de tirar a casca tem a pele! Aqueça o forno a 200ºC e coloque as avelãs lá, elas vão dar uma tostadinha e a pele vai rachar. Retire do forno e deixe esfriar um pouco, depois coloque entre panos de prato e esfregue como se não houvesse amanhã, não vai sair tudo, mas não tem problema.

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0040-001DSC_0039-001

Maionese de atum

Na minha casa só existe dois tipos de maionese, aquela com batata, ovo, vagem e cenoura cozidos e picadinhos com maionese e essa de atum que é um basicamente uma pasta de passar no pão, que também fica ótimo!

DSC_0192-001

Maionese de atum

Ingredientes:

  • 3 batatas grandes cozidas e espremidas
  • 1 cebola picada miudinho
  • 2 latas de atum em lata em água (acabo optando ele em água pois também tive reações com soja e o em água não tive reações)
  • Sal
  • Pimenta do reino
  • Salsa miudinha ou salsa seca
  • 1 receita inteira de maionese (receita aqui)

Modo de preparo:

  • Depois de cozinhar esprema as batatas e deixe esfriar bem (não use nem quente e nem morno por causa da maionese caseira)
  • Depois de fria as batatas misture tudo e leve a geladeira até o momento de servir.

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0193-001DSC_0194-001DSC_0191-001

Maionese

Essa receita de maionese vai ovos crus, procure sempre usar ovos mais frescos para esse tipo de preparação. Eu normalmente compro ovos na feira e recomendo, mas nada que te impeça de comprar no supermercado e fazer o teste dos ovos (encha um copo de água e coloque um ovo lá dentro, se ele afundar rapidamente e estiver na horizontal ele está fresco, se ele afundar lentamente e ficar na vertical e ele deve ser consumido logo e se flutuar jogue fora)

DSC_0189-001

Maionese

Ingredientes:

  • 1 ovo cru
  • 2 colheres de azeite
  • 1 dente de alho
  • 1/2 limão (suco)
  • 1 colher de mostarda (eu uso Heinz que foi a única que nunca me deu reação alérgica)
  • Sal
  • Pimenta do reino
  • Óleo de girassol

Modo de preparo:

  • Coloque todos os ingredientes (menos o óleo) no liquidificador ou mixer e bata até ficar homogêneo
  • Com o liquidificador ligado vá adicionando o óleo em fio continuo até que a maionese ganhe corpo, não fique assustado, é realmente bastante óleo, vá adicionando até chegar ao ponto desejado. Procure não deixar muito mole, pois misturado em outras preparações fica muito mais mole.
  • Guarde na geladeira até usar.
  • Eu normalmente consumo em no máximo 2 dias, pode ser que dure mais sem problemas, mas eu tenho receio, tanto que essa receita era maior e eu diminui.

Sugestões:

  • Quando você for usar em maionese (batata e cenoura por exemplo) espere tudo estar bem frio para adicionar a maionese caseira.
  • Você pode usar essa maionese da mesma forma que usa a industrializada, só tomando cuidando sempre para não deixa-la muito tempo fora da geladeira.
  • Eu já fiz maionese de azeitonas pretas (10 azeitonas grandes batidas com maionese) e fiz um de cenoura (cenoura ralada, tomate picadinho e cebola roxa e misturei).

IMG_5984-001IMG_5989-001

Espero que tenham gostado e caso vocês façam envie suas fotos pra que a gente veja como ficou!

Até a próxima!

Vanessa

DSC_0188-001