(Atualização) Alergia a proteína do leite de vaca – APLV

APLV

Vou explicar um pouquinho agora o que é APLV (Alergia a proteína do leite de vaca)

Primeiro de tudo, alergia não é intolerância, são coisas completamente diferentes.

Intolerância a lactose é dificuldade do organismo em digerir a lactose, o açúcar do leite e a Alergia APLV é uma reação do sistema imunologico as proteínas do leite, ou seja, alérgicos não podem de maneira alguma consumir procutos destinados a intolerantes, pois os produtos para intolerantes contém a proteína do leite. Assim como os dois tratamentos e sintomas são completamente diferentes.

Voltando as alergias as mais comuns são: Leite de vaca, soja, ovo trigo, frutos do mar, amendoim e castanhas.

A APLV (Alergia a proteína do leite de vaca) é mais comum em bebês, onde o leite é seu principal alimento e claro o mais complicado pelo mesmo motivo, mas não é o meu caso, mas é o mesmo problema. O nosso organismo não reconhece uma ou mais proteínas do leite de vaca, que são:

  • – Lactoalbumina
  • – Lactoglobulina
  • – Fosfato de lactoalbumina
  • – Lactoferrina
  • – Lactulose
  • – Caseína
  • – Caseína hidrolisada
  • – Caseinato de cálcio
  • – Caseinato de potássio
  • – Caseinato de amônia
  • – Caseinato de magnésio
  • – Caseinato de sódio
  • – Leitelho
  • – Coalhada
  • – Proteína de leite hidrolisada
  • – Lactose

Contém leite:

  • Leitelho
  • Coalhada
  • Creme de leite
  • Creme azedo
  • Nata
  • Margarina/manteiga
  • Bebida láctea
  • Chantilly
  • Cottage
  • Composto lácteo
  • Cream Cheese
  • Creme azedo
  • Creme de leite
  • Leite evaporado
  • Leite fermentado
  • Leite desidratado
  • Leite maltado
  • Leite sem lactose
  • Leite integral
  • Leite desnatado
  • Nouget
  • Sorvete
  • Sólido de leite
  • Proteínas do soro
  • Whey protein

Podem conter leite:

  • Corante / saborizante caramelo
  • Sabor de açúcar mascavo
  • Chocolate
  • Saborizantes naturais ou artificiais
  • Aroma ou sabor natural ou artificial de manteiga ou margarina
  • Creme de baunilha
  • Creme de coco

Basicamente você precisa ser o mais natural possível em absolutamente tudo para não correr riscos e no meu caso a alergia era extremamente forte e reagia rápido de uma forma muito perigosa. A sensibilidade foi tão grande que todos os cosméticos, produtos de higiene, produtos de limpeza foram trocados, pois reagia ao toque e acredite, não foi uma missão nada fácil já que empresas desses ramos colocam os itens de composição em inglês e a maioria voltada para alérgicos são para bebês.

O tratamento é somente um, dieta de exclusão, eu posso dizer que comecei com alergia a Leite, soja, oleaginosas e mel, após 6 meses de exclusão total de todos os alimentos e diga-se de passagem que foi difícil pra caramba, restou somente e a mais difícil na minha opinião de Leite.

Além da exclusão minha médica incluiu capsulas de probiótico para regular a flora durante esses 6 meses, que na minha opinião fizeram bem o papel dele.

A parte ruim é que 6 meses não foi suficiente para causar algum efeito sobre a APLV e na internet obtive poucos resultados em minhas pesquisa sobre adultos APLV, mesmo nos grupos que participei quase não se manifestavam. Então confesso estar bem perdida e sem saber exatamente o que esperar. Amanhã haverá o retorno após a tentativa de reintrodução dos alimentos que causava alergia, conforme meu caso for avançando eu irei atualizando aqui neste mesmo post.

Vanessa

08/01/2016

Fiz o retorno hoje, contei absolutamente tudo o que aconteceu nesse ultimo mês com a reintrodução e a verdade é que a gente nunca vai entender muito bem como e por que das coisas. Ao que tudo indica minha Alergia a proteína do leite de vaca se transformou em Intolerância a Lactose, mas é claro que foi diagnosticado como suspeita pelos sintomas terem mudado, é necessário avaliar mais de perto fazendo o exame para intolerância e o acompanhamento agora com um gastroenterologista.

De acordo com o que a médica me relatou é mais comum o oriental como eu ter esse tipo de problema, pois temos essa deficiência em que nosso corpo nasce sem ou quase sem a enzima que digere a lactase (o açúcar do leite).

Então para finalizar, ela me encaminhou para um gastro, me pediu um exame de intolerância a lactose para ser providenciado e já levado ao gastro, me passou o retorno do probiótico por conta do desarranjo intestinal  que voltou e me recomentou testar ingerir produtos zero lactose, mas me pediu pra ter muito cuidado pois da mesma forma que os alimentos para alérgicos havia contaminação, os zero lactose também tem.

Bom, vamos ver pelo lado positivo, intolerância é “melhor” do que alergia, vamos aguardar a confirmação e estarei me informando melhor a respeito para poder dar segmento as nossas receitas sem correr riscos.

Vanessa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s